I smoke to forget

Viver sem ser amado é como cortar as asas de um pássaro e tirar sua capacidade de voar.

- A Cabana.


É meu querido, desistir de você está sendo mais difícil do que eu pensava.

- Inglaterra, 1978.    


Eu quero ser seu amigo, mas o amigo pelo qual você é apaixonada. Aquele que te leva em seus braços para a sua cama e que mesmo em sonhos continua preso em sua cabeça. Eu quero ser esse tipo de amigo que você compartilha tudo, desde o seu dia, a sua alegria, a sua tristeza, os seus momentos, o seu corpo, o seu amor, a sua cama. Aquele que vai memorizar cada coisa que você diz, assim como a forma que seus lábios se movem quando você as diz. Quero conhecer cada curva sua, cada sarda, cada sinalzinho do seu corpo, cada tremor de seu corpo. Eu quero conhecer e saber onde te tocar, onde você se arrepia, onde você se desfaz, eu quero saber como tocar você. Eu quero poder nos seus dias mais difíceis tirar um sorriso seu, esse lindo sorriso que só você tem, um sorriso só para mim. Sim, eu quero ser seu amigo, eu quero ser o seu melhor companheiro, seu melhor colo, seu melhor abraço, seu melhor beijo, seu melhor amor, seu maior desejo, eu quero ser tudo pra você assim como você tem sido tudo pra mim.

- Caio Araújo  


O meu drama é chato, desnecessário, bobo, descabido, cansativo, insensato… Mas é que quando a gente gosta, sei lá, ficamos de fato chatos. Tu me confunde da cabeça aos pés, sabe como me deixar sem rumo e ainda assim me mostrar a direção. Diz pra mim qual o nosso tipo de relação? Eu fico planejando coisas que talvez nem aconteçam, mas que só de te incluírem já me faz bem imaginar.

- Clara Brandão. 


Percebi que te amava, quando olhava seu sorriso e queria vê-lo pro resto da vida, até mesmo quando eu acordasse. Percebi que te amava e que era você, quando estendi a mão e você estendeu a sua sem hesitar. Todo mundo precisa de um porto seguro e o meu é você.

- Por que tudo com você é melhor. 


Eu não mandava no que sentia por você, eu não aceitava, não queria e, ainda assim, era inundada diariamente por uma vida trezentas vezes maior que a minha. Eu te amava por causa da vida e não por minha causa.

- Tati Bernardi. 


Você me fez lamber, roçar a barba. Sua coxa foi parar na minha cara, você beijou minha canela, eu lambi seu dorso, você esfregou os peitos no meu umbigo, eu cheirei seu joelho, você mordeu minha bunda, eu beijei os seus olhos. Eu nunca transei num primeiro encontro e queria muito saber se isso conta como sexo. O que foi isso, afinal? Foi louco, foi bom, foi íntimo, foi mágico, foi vinho, e mesmo sem penetração, foi sexo, embora nossas genitálias não tenham sido formalmente apresentadas. Minha cara dizia tudo. Eu estava experimentando uma coisa que a maioria não tem nem ideia que existe. Num impulso ela pulou de volta, montando no meu corpo na horizontal, mole e nulo e inerte, totalmente sem gozar concretamente. Me encheu de pequenos beijinhos ininterruptos falando “Isso foi estranho, não foi?” Poxa, se foi. “Você não imagina o que sou capaz de fazer com o primeiro cara que me pedir em namoro”. E foi nessa hora que eu a convidei para morar comigo.

- Gabito Nunes.   


Eu até poderia viver sem você, mas não quero. Eu também sei ser frio, ignorante, chato, indiferente, mas não é assim que gosto de ser. Sabe o que eu gosto mesmo? Eu gosto de ser seu, gosto de ser da gente. Gosto desse teu jeito de falar que me deixa todo desconcertado, da forma que você ajeita o cabelo e ele fica sempre perfeito, gosto do seu sorriso tímido e do seu olhar desconfiado. Eu quero você, eu quero nós.

- Maybe I like you.    


Se quiser ir, que vá. Só não me venha com essa conversa decorada me dizendo que qualquer dia a gente vai se encontrar em uma dessas curvas da vida, até porque, eu jamais irei te visitar na esquina do arrependimento. E se eu for, irei muito bem acompanhado.

- Sean Wilhelm. 


— Quem não procura, não sente falta.
— Engano seu. A saudade é grande, mas o orgulho é ainda maior.

- Caio Fernando Abreu.